Como Montar uma Clínica de Saúde

29 de dezembro de 2017

Atualmente estamos passando por um momento favorável ao empreendedor que pretende adentrar o ambiente clínico médico. Infelizmente e ironicamente, este cenário se configura graças à problemas de várias ordens, decorrentes da própria estrutura da sociedade brasileira.

Estamos em meio a uma avalanche de complicações que brotam por toda a parte. Mesmo com a evolução da tecnologia, esta torna-se quase obsoleta a medida em que a má distribuição de renda impera.

Tendo isso em vista, os hospitais particulares tornam-se às vezes, a única opção viável para as pessoas poderem se consultar com menos filas e com a garantia de haver um especialista disponível.

O número de adeptos aos planos de saúde é crescente e já passa dos 40 milhões, o que nem sempre é sinônimo de qualidade também.

Para montar uma clínica de saúde que seja eficiente e atenda à demanda da região, é preciso se atentar às novidades tecnológicas que fazem com que os serviços levem menos tempo para serem feitos e gerem mais economia.

Nos atentemos à alguns detalhes:

Público-alvo

Definir o público-alvo que você quer atingir é muito importante. Pesquisas demonstram que o brasileiro gasta cerca de 20% de sua renda com saúde. Esse número cresce para 30% nos meios em que as pessoas são de classe social mais elevada.

Sabemos que a demanda de pessoas menos abastadas é maior e que a rotatividade também é alta. Faça uma pesquisa no local onde pretende montar sua clínica, assim é mais fácil avaliar não apenas a demanda, mas também a concorrência.

Os hospitais se diferenciam por motivos bem específicos, o que talvez garanta uma maior flexibilidade quanto à disputa de mercado, já que cada clínica possui particularidades diferentes com relação à especialistas, forma de realizar exames etc.

Localização

A localização, é um fator determinante para várias esferas da sua clínica concernentes ao público, tipo do público, serviços que irá oferecer tendo em vista a demanda etc.

O perfil do ambiente é o que determinará o vislumbre da oportunidade de negócio e como o mesmo se posicionará no mercado.

Se atente aos consumidores locais, fatores de acesso, locomoção, densidade populacional da região, concorrência.  É preciso se ater a todos os detalhes para não sair perdendo.

Estrutura

A estrutura da clínica vai depender do quanto você pode investir em equipamentos e pessoal para realizar o trabalho. Normalmente quando o negócio está começando é preciso prestar muita atenção aos gastos para conseguir economizar e não sair no prejuízo.

A tecnologia na área médica é bastante ampla e serviços como a Telemedicina e a Telessaúde, podem ser fundamentais quando se tem um negócio novo em andamento, já que garante integração e comunicação aos médicos que não possuem especialidade. Falar com um especialista a um clique de distância está muito fácil e se ajusta como um grande diferencial.

Equipamentos

Em se tratando dos equipamentos, sabia que é possível possuí-los sem precisar necessariamente comprá-los?

A medicina diagnóstica oferece várias opções com centrais de laudos à distância que fornecem o Comodato do equipamento.

Apostar na integração de equipamentos e sistemas é a uma ótima chance para que as clínicas possam dispor de mais espaço e mais tempo livre para a realização de outras tarefas. Além de muitos outros benefícios ligados à maior segurança, mais rotatividade etc.

Finalizando…

As perspectivas para um negócio no ramo de clínicas de saúde, não é nada modesto, já que se trata de bens de primeira necessidade. As oportunidades para quem pretende adentrar a área são inúmeras, desde que se consiga agregar valor e se diferenciar por especialidade. Dá para conseguir um bom lugar no mercado a depender do destaque da área médica.

Enfim, estude, se informe e esteja sempre por dentro das novidades tecnológicas que auxiliam o trabalho humano, personalize e seja original.

Compartilhe esta publicação.
0 0 votes
Avaliar Post
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments