Clínica de cardiologia: 5 dicas de gestão para otimizar seu espaço

08 de novembro de 2022

Uma clínica de cardiologia é um espaço onde diversos processos acontecem simultaneamente, onde muitas pessoas são atendidas por dia. Essa demanda exige da organização um atendimento de qualidade, essencial para o funcionamento do espaço e para os pacientes. Contudo, apesar do objetivo de promover saúde, não podemos esquecer que uma clínica de cardiologia também é um negócio.

E como todo negócio, precisa ser bem gerido por seu proprietário. O avanço da tecnologia garante diversas formas de otimizar o funcionamento do espaço. Ou seja, saber gerenciar isso tudo é o que define até onde essa clínica pode crescer.

Por isso, separamos algumas dicas básicas para quem planeja revolucionar a forma de gestão de uma clínica de cardiologia.

Confira:

1. Otimize a administração financeira da clínica de cardiologia

O primeiro passo é realizar uma análise aprofundada da situação financeira da sua unidade de saúde. Tendo consciência sobre todos os custos, você identifica como economizar nas despesas e quando realizar um investimento. Uma visão mais atenta ao financeiro da sua clínica de cardiologia promove cortes de gastos desnecessários e garante que sobre dinheiro para investir em melhorias.

Se você não possui o conhecimento adequado para otimizar a administração financeira, busque profissionais para isso.

Essa busca por economia também acaba mostrando equipamentos que não precisam estar necessariamente em sua clínica. Diversos aparelhos podem ser substituídos por alugados ou ainda em comodato, por exemplo. Além da economia, isso traz mais modernidade e inovação na administração dos exames.

2. Gerencie os insumos da sua clínica de cardiologia

Uma clínica utiliza dezenas de itens descartáveis por dia, eles são parte considerável nos gastos da instituição. Mas, você já parou para pensar que a má administração de insumos pode causar um grande impacto no seu orçamento?

Uma boa administração garante que não existam desperdícios de insumos, gerando economia. Sempre contabilize a quantidade de itens no seu estoque e conheça seu fluxo de saída. Por exemplo, existem fornecedores que negociam a devolução de itens que não foram utilizados. Com isso você evita materiais acumulando poeira em seu depósito, economiza dinheiro e espaço.

Treine sua equipe administrar da melhor forma esses processos. Além disso, mantenha suas planilhas de administração de insumos e estoque sempre atualizadas.

3. Mantenha a equipe da sua clínica cardiológica atualizada

A tecnologia evolui numa velocidade impressionante. Por isso, constantemente surgem novas técnicas e equipamentos a serem adquirido. Sua equipe de atendimento está atualizada em relação ao mercado? É essencial que esteja para oferecer o melhor.

Promova momentos de atualização com cursos e treinamentos de qualidade. Primordialmente isso faz com que sua equipe tenha conhecimento atual sobre técnicas e uso de aparelhos. Incentivar mais pesquisas e consciência sobre buscar novidades também é muito benéfico para sua clínica de cardiologia. Fortaleça sua equipe com conhecimento para eliminar qualquer fraqueza.  

terceirização também é uma opção. Diversas funções podem ser realizadas à distância. Isso traz mais economia para seu orçamento, assim como também traz um conhecimento externo para sua rotina.

4. Melhore a comunicação com seus pacientes

Muitos gestores ignoram a importância do marketing para clínicas e consultórios. Isso é um erro grave. É fundamental criar meios para comunicar seus produtos e serviços, essa é a vitrine que apresenta sua clínica para os pacientes – principalmente na internet. Afinal, a busca online geralmente é o primeiro passo de quem está precisando de algum tipo de serviço ou consulta médica.

Como está o site da sua clínica de cardiologia? O portal é o seu cartão de visita, onde você mostra os seus serviços e consegue construir credibilidade no meio. Do mesmo modo, as redes sociais também são muito importantes para criar um laço com os pacientes. Por elas, você pode transmitir comunicados, trazer informações e receber um feedback mais direto dos pacientes.

Criar pesquisas e espaços para opinião também é uma ótima forma de aproximação. Acima de tudo, o paciente é quem sabe como é a melhor forma de ser atendido na sua clínica, ouvi-lo vai te ajudar a identificar problemas e investir e melhorias.

5. Contrate uma central de laudos à distância

Uma central de emissão de laudos à distância permite que seu portfólio de exames oferecidos aumente. Afinal, uma equipe externa realiza os procedimentos, com especialistas focados nisso. Assim, a sua equipe local pode focar em outros serviços na sua clínica. Além dessas vantagens, a central também entrega resultados de forma mais rápida, com custos reduzidos.

Na TME – Telemedicina Cardiológica você tem a possibilidade de trabalhar com o Proteus, um sistema digital de emissão de laudos à distância que agiliza e facilita o processo de envio e recebimento. Em outras palavras, uma forma prática de diminuir processos na sua clínica. E o melhor: com mais economia e rapidez!

Existem diversas outras dicas que podem otimizar a sua clínica de cardiologia. Por isso, visite os canais da TME para encontrar informações sobre procedimentos e equipamentos! Siga nossa página no Instagram e curta nossa página no Facebook! Nossas redes estão abertas para conversar e esclarecer qualquer dúvida sobre assuntos relacionados a saúde.

Compartilhe esta publicação.

Por Paulo Miranda Filho

Médico, diretor de crescimento na TME, professor de empreendedorismo no MBA Health do BBI of Chicago, Gestão de TI (FIAP) e Especializando Gestão de Negócios (FDC).

0 0 votes
Avaliar Post
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments