Laudos internos x Laudos terceirizados: Vantagens e desvantagens

03 de outubro de 2022

Laudos são relatórios essenciais para o bom fluxo de clínicas e consultórios. Mas, entre laudos internos e laudos terceirizados, qual a abordagem mais aconselhada para uma instituição de saúde? Seja pela praticidade na emissão de laudos ou pela questão financeira, essa é uma pergunta bem constante em quem atua na administração de um estabelecimento da área.

A tecnologia proporciona um avanço constante na estrutura de clínicas de saúde, com os laudos não seria diferente. Por conta disso, cada detalhe merece atenção especial, principalmente em relação ao orçamento. Afinal, a economia em um ponto pode significar investimento em outro. Dessa forma, a sua instituição cresce cada vez mais.

Quer um exemplo da importância da emissão de laudos? O Grupo de Estudos de Eletrocardiografia da Sociedade Brasileira de Cardiologia publicou um artigo sobre suas diretrizes.

Quais as características dos laudos internos?

O modelo de laudos internos é o que podemos chamar de tradicional. Normalmente, a realização dos laudos gira em torno de um médico como figura central. Esse especialista tem a tarefa de realizar os exames para depois passar os resultados para os laudos. A emissão dos diagnósticos também fica como responsabilidade desse médico.

Os laudos internos são armazenados pela própria clínica, seja de forma física ou virtual. O arquivamento dos dados é totalmente ligada ao trabalho dos profissionais da instituição, isso demanda mais um sistema de organização para a equipe. Atualmente, essa forma de trabalho com laudos internos é considerada por muitos como defasada. Isso acontece principalmente por conta da evolução dos equipamentos, tanto em questões de tratamento quanto de armazenamento.

O tratamento é feito de maneira mais próxima ao paciente. Porém, o uso de laudos internos muitas vezes acaba sendo um processo mais demorado. Afinal, o mesmo especialista realiza diversos passos do atendimento.

O avanço dos equipamentos e procedimentos exige que o funcionamento das instituições acompanhem sua velocidade. Por isso, a agilidade na geração de laudos é um fator cada vez mais considerado em uma clínica.

Laudos terceirizados: Um avanço em diversos campos

Os laudos terceirizados são emitidos por uma equipe de profissionais externa. Normalmente, esse grupo de especialistas recebe a responsabilidade pelos diagnósticos, fazendo com que eles sejam apresentados de forma muito mais rápida. O uso dessa central promove resultados com prazos reduzidos. Por conta disso, o médico, que antes era a peça central em todos processos do laudo, consegue focar no paciente. Os passos restantes na elaboração do documento ficam por conta de outros profissionais, todos especialistas.

Os laudos terceirizados apresentam resultados com mais rapidez, realizados de forma completamente virtual. Ou seja, a estratégia de armazenamento desses laudos online acaba se tornando mais simples. A emissão desses documentos à distância gera mais agilidade e flexibilidade no atendimento.

Enquanto isso, os especialistas da sua clínica podem se dedicar a outros serviços clínicos. Isso gera mais cuidado aos detalhes de cada processo, com mais qualidade e menos sobrecarga.

Afinal, qual das duas formas é a mais adequada?

A verdade é que o uso de laudos internos ou terceirizados deve ser definido segundo a demanda da sua instituição. No modelo interno, a centralização das etapas no médico responsável promove um acompanhamento mais próximo do paciente. Porém, isso torna o processo um pouco mais lento. Já no modelo de terceirização, o serviço ganha em agilidade e praticidade.

Na questão financeira, os custos são uma questão de ponto vista. Existe, sim, investimento em uma empresa externa, porém o modelo de terceirização promove mais tempo para mais atendimentos. Consequentemente, isso traz mais lucros para sua clínica.

Portanto, a economia ao manter os processos de laudo de forma interna é relativa. Como dito anteriormente, tudo deve ser analisado e colocado em pauta. Somente assim sua instituição de saúde poderá evoluir conforme o que você procura.

Ficou com alguma dúvida sobre as formas de emissão de laudos? A TME – Telemedicina Cardiológica possui anos de experiência em realização de laudos à distância. Com uma ampla estrutura e profissionais especializados em Telemedicina e equipamentos hospitalares, podemos esclarecer todas as suas dúvidas sobre o assunto.

Para entrar em contato com nossa equipe de atendimento, basta clicar aqui. E claro, você também pode acessar nosso blog para ler diversos artigos sobre temas relacionados a laudos, locação de equipamentos e telemedicina. 

Compartilhe esta publicação.

Por Paulo Miranda Filho

Médico, diretor de crescimento na TME, professor de empreendedorismo no MBA Health do BBI of Chicago, Gestão de TI (FIAP) e Especializando Gestão de Negócios (FDC).

0 0 votes
Avaliar Post
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments