Holter 24 horas: tudo que você precisa saber sobre o exame

17 de agosto de 2022

O Holter 24 horas, ou ECG 24h, é um dos exames cardiológicos mais importantes e mais solicitados pelos médicos. Ele oferece dados sobre a frequência cardíaca e, por isso, colabora para o diagnóstico de arritmias e faz parte do check-up cardiológico.

Para entender melhor o que é o Holter 24 horas, como o exame é feito, para que serve e como oferecê-lo na sua clínica, continue a leitura.

O que é o exame Holter 24 horas?

O Holter 24 horas é um tipo de eletrocardiograma contínuo e portátil. O aparelho tem esse nome porque ele monitora o funcionamento do coração durante um dia inteiro.

Isso é importante porque a frequência cardíaca pode variar ao longo do dia. Assim, o exame capta distúrbios do ritmo do coração entre as atividades rotineiras do paciente.

Existem diversas marcas e modelos de Holter 24 horas e é importante saber escolher o ideal para seu serviço de saúde. Mas, como falaremos adiante, comprar o equipamento não é a única opção para sua clínica ou consultório

Holter 24 horas: para que serve?

O Holter 24 horas costuma ser solicitado pelo cardiologista quando há suspeita de arritmias ou quando o paciente apresenta sintomas como desmaios, tontura, palpitação ou falta de ar.

Algumas doenças que o exame ajuda a diagnosticar são:

  • fibrilação atrial;
  • taquicardia paroxística supraventricular;
  • taquicardia multifocal;
  • bradicardia e
  • isquemia cardíaca.

O exame também é utilizado para monitorar pacientes com marcapasso ou que já foram diagnosticados com alguma doença cardíaca, para avaliar a resposta ao tratamento.

Como o exame é feito?

O Holter 24 horas é um exame não invasivo. A coleta de informações ocorre por meio de eletrodos fixados a um pequeno monitor. Funciona assim: 

  1. Para começar, o profissional coloca de 3 a 8 eletrodos no tórax do paciente. Esses eletrodos são ligados ao monitor, que recebe as informações. Esse monitor pode ser colocado na cintura ou levado no bolso.
  1. A partir daí, o aparelho começa a monitorar os batimentos cardíacos.
  1. Depois disso, o paciente sai da clínica e volta a realizar suas atividades diárias normalmente, como estudar, trabalhar e fazer compras.
  1. A critério médico, o paciente é orientado a registrar suas atividades, detalhando horários e sintomas. 
  1. Passadas 24 horas, o paciente volta para a clínica para retirar os eletrodos e devolver o monitor. 

Atenção: nesse intervalo, o paciente não deve tomar banho para não danificar o aparelho. Também não deve realizar exercícios físicos, pois isso poderia causar alterações na medição.

Os dados coletados serão, então, analisados e interpretados por um cardiologista, que pode integrar o corpo clínico ou realizar o laudo à distância, via telemedicina. 

Em quanto tempo sai o resultado?

O tempo para sair o resultado do Holter 24 horas pode variar de clínica para clínica, a depender do número de profissionais disponíveis para a tarefa. Se a clínica conta com uma empresa terceirizada para emissão de laudos à distância, como a TME – Telemedicina Cardiológica, o tempo para a emissão do resultado pode diminuir consideravelmente.

Esse tempo também varia de acordo com a urgência do caso. Na TME, é possível solicitar urgência e ter acesso aos laudos prontos em até 2 horas

Como oferecer o exame Holter 24 horas na minha clínica?

Alguns consultórios ou clínicas menores não têm à disposição um especialista para fazer o laudo do Holter 24 horas. Também podem não ter condições de comprar o equipamento, que custa cerca de R$5.000. Isso não significa que não é possível ofertar o exame, pois existem opções sem necessidade de aquisição.

Para esses casos, o mais indicado é contratar empresas de telemedicina, como a TME. Elas possuem uma central de laudos e uma equipe pronta para analisar e laudar o exame com melhor custo-benefício, eficiência e qualidade.

Por meio da TME, também há a opção de adquirir o equipamento por meio das modalidades de aluguel e comodato. Se optar por uma dessas modalidades, a empresa de telemedicina envia o aparelho e oferece treinamento à distância da sua equipe para trabalhar com o equipamento e o software.

Caso o seu objetivo seja comprar um equipamento, o comodato também oferece a possibilidade de testar, avaliar o custo-benefício e comprar seu próprio aparelho no futuro. 

Ficou alguma dúvida sobre o assunto? Conte com nossa equipe para esclarecê-las! Não deixe de nos seguir no Instagram ou LinkedIn para acompanhar novidades e mais dicas para a sua clínica ou consultório.

Compartilhe esta publicação.

Por Paulo Miranda Filho

Médico, diretor de crescimento na TME, professor de empreendedorismo no MBA Health do BBI of Chicago, Gestão de TI (FIAP) e Especializando Gestão de Negócios (FDC).

0 0 votes
Avaliar Post
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments