O que é laudo médico?

17 de agosto de 2022

Clínicas, hospitais e laboratórios realizam milhares de exames todos os dias. Mas o exame, por si só, não garante um diagnóstico para o paciente. Antes, é preciso analisar e interpretar os resultados. Essa informação é fundamental para entender o que é um laudo médico.

Emitir esse documento é uma das principais atividades de instituições de saúde, já que é nele que consta o resultado dos exames médicos. Esse documento também serve como base para diagnósticos proferidos todos os dias.

É importante destacar, contudo, que nem sempre o médico que atende o paciente é o mesmo responsável pela emissão do laudo. Na maioria dos casos, são profissionais focados em diferentes atuações para garantir melhor especialização e eficiência ao processo.

Neste artigo, explicamos em detalhes o que é laudo médico, como é feito e damos dicas para otimizar o processo de emissão. Continue a leitura e tire suas dúvidas!

O que é laudo médico? 

O laudo médico é um documento formal assinado por um especialista, que descreve todos os elementos encontrados em exames como Eletrocardiograma, Holter 24 horas e MAPA. 

Por isso, esse documento é um instrumento essencial para diagnosticar corretamente problemas de saúde do paciente.

O especialista também interpreta os resultados e avalia se há alguma alteração. De maneira geral, esse documento deve conter as seguintes informações:

  • nome completo do paciente;
  • nome e endereço do local onde o exame foi feito;
  • nome do médico solicitante;
  • data de realização do teste;
  • justificativa para a solicitação do procedimento;
  • conduta e descrição detalhada do exame;
  • hipótese diagnóstica;
  • informações adicionais sobre o paciente, como idade, peso, altura, etc.

Como é feito o laudo médico?

Atualmente, exitem duas formas principais de emitir o laudo médico:

Laudo tradicional

O laudo tradicional é aquele emitido em papel. Funciona como você pode imaginar: um especialista da própria clínica onde foi realizado o exame analisa e interpreta os resultados, imprime o documento e o assina com caneta ou carimbo.

Esse tipo de laudo foi muito usado nas últimas décadas e continua até hoje em algumas clínicas e hospitais.

Laudo digital

Na década de 90, com a popularização da informática e da tecnologia, essa realidade começou a mudar. 

Com a informatização, várias informações, como o prontuário do paciente, passaram a ser armazenadas em computadores. O laudo médico também começou a ser digitalizado, salvo e compartilhado.

Depois disso, algumas informações, como o prontuário do paciente, começaram a ser armazenadas digitalmente. Dentre essas coisas, o laudo médico também pôde começar a ser digitalizado, salvo e compartilhado, na época ainda via fax. 

Esse processo foi impulsionado com a telemedicina, que permite o armazenamento e o compartilhamento de dados de forma rápida e segura e assinatura de laudos à distância.

Vantagens do laudo digital

Por meio de uma plataforma de telemedicina, como a TME – Telemedicina Cardiológica, é possível contar com uma central de laudos fora da sua clínica ou hospital.

Dessa forma, especialistas de qualquer lugar do mundo podem analisar e interpretar os resultados dos exames, assiná-los digitalmente e enviá-los em tempo real. 

Esse processo é feito por um sotfware para laudos online que viabiliza o envio e recebimento de informações em tempo real, além do armazenamento seguro na nuvem. A TME, por exemplo, trabalha com um software exclusivo: o Proteus.

A responsabilidade pela emissão de laudos é transferida a uma empresa terceirizada que conta com especialistas focados nessa tarefa. Por isso, a entrega pode ser muito mais rápida, em prazo máximo de até 24 horas (a depender da central) ou de até 2 horas em caso de urgência.

A terceirização alivia a sobrecarga à que muitos profissionais de saúde estão submetidos. Assim, a ocorrência de erros é reduzida e médicos podem atender com mais qualidade e humanização.

Além disso, o laudo digital também proporciona a redução de custos com estrutura, impressão e recursos humanos dedicados à emissão de laudos. Com uma empresa terceirizada, você paga apenas de acordo com a demanda, sem desperdícios.

Leia mais: 10 vantagens de uma central de laudos de Holter, Mapa e ECG para sua clínica

Ficou alguma dúvida sobre o que é laudo médico? Entre em contato com a nossa equipe! Será um prazer ajudar você.

Não deixe de nos seguir no Instagram e no LinkedIn para acompanhar novidades e mais dicas para o seu serviço de saúde.

Compartilhe esta publicação.

Por Paulo Miranda Filho

Médico, diretor de crescimento na TME, professor de empreendedorismo no MBA Health do BBI of Chicago, Gestão de TI (FIAP) e Especializando Gestão de Negócios (FDC).

0 0 votes
Avaliar Post
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments