Os benefícios da telemedicina

06 de setembro de 2016

A medicina vem evoluindo a cada década, por isso estão surgindo diversas técnicas que visam um serviço mais qualificado aos cidadãos. Uma dessas evoluções está na telemedicina, uma tecnologia do mercado que chegou ultrapassando fronteiras, inovando a entrega de exames e a prestação de serviço por esses profissionais.

Atualmente, existem muitas clínicas e laboratórios que estão se adaptando e utilizando essa ferramenta, com o objetivo de crescerem e aperfeiçoarem seus métodos.

Trata-se de uma técnica avançada que tem como finalidade acelerar a entrega de resultados e melhorar os atendimentos, usando como base as tecnologias de informação de exames, beneficiando aqueles que se submetem a esses diagnósticos. Isso não proporciona vantagens apenas aos pacientes, mas também aos profissionais da saúde. Para que você conheça e entenda melhor sobre o assunto, listamos as principais informações sobre a telemedicina e os benefícios desse avanço. Continue acompanhando e confira!

O que é telemedicina?

Antes de falar sobre os benefícios, é fundamental entender o que é e para quem é indicada a telemedicina.

O termo “tele” é agregado aos serviços prestados à distância, visto que veio da palavra grega que possui esse significado. Assim, na medicina, ela abrange as práticas que são ligadas aos cuidados com a saúde, onde a distância é fator crítico. Os serviços prestados pela telemedicina — conhecida também como telessaúde — utilizam a tecnologia da informação para se comunicar com qualquer pessoa que esteja ligada ao setor, seja o profissional ou o paciente.

O objetivo de sua criação foi facilitar o atendimento, especialmente, para as pessoas com acesso remoto aos profissionais da saúde. Dessa forma, ela veio quebrando as barreiras socioeconômicas e geográficas, transmitindo informações ligadas entre a medicina e a população e utilizando a tecnologia na comunicação entre médicos e pacientes.

Quais são os benefícios da telemedicina?

Existem três frentes dessa inovação: a teleassistência, a teleducação e a emissão de laudos. Cada uma com o seu propósito.

1- Teleassistência: com ela, o paciente é monitorado dentro de sua própria casa ou qualquer outro local. O contato com a equipe profissional é feito à distância.

2- Teleducação: visa o profissional, promovendo capacitação, atualização e outros métodos sobre a prática médica, através de videoconferências, cursos, palestras e outros programas.

3- Emissão de laudos: com isso, tanto o paciente quanto o médico podem ter acesso aos resultados de exames realizados em qualquer laboratório, através da internet.

Sendo assim, todos os envolvidos acabam sendo beneficiados com o uso dessa nova tecnologia.

Quais são os benefícios para o profissional?

Como foi mostrado, esse avanço traz vantagens para todos os interessados. Assim, para a equipe especializada, os principais benefícios são:

Facilidade na troca de informações

É comum as instituições, assim como os médicos e outros especialistas, trocarem informações entre si, principalmente quando surgir um novo avanço no ramo. Com a telemedicina, tais informações podem ser compartilhadas com mais agilidade e de forma prática. Além disso, discussões envolvendo novos métodos, aparecimento de novas doenças e outros assuntos relevantes são facilmente executados.

Uso da cirurgia robótica

Parece até coisa de cinema, mas não é. Na vida real, as cirurgias robóticas também podem ser usadas, graças aos avanços da ciência. Isso ocorre quando o cirurgião manipula um robô para realizar alguns procedimentos.

Atendimento virtual

Em casos mais simples, o médico pode acompanhar seus pacientes sem que haja a necessidade da presença dos mesmos no consultório ou no hospital. Ou seja, o atendimento àqueles com problemas crônicos, gestantes, crianças ou idosos com doenças mais simples é realizado online, dentro do próprio lar.

Possibilita educação e treinamento

A medicina é uma área que exige constante estudo e atualização. Assim, a pessoa que opta por atuar neste setor de saúde deve se manter atento a todas as novidades e participar de cursos e palestras que o torne ainda mais capacitado. Assim, com a possibilidade de realizar estudos a distância, o profissional pode aprimorar ainda mais suas habilidades com simplicidade sem que isso prejudique o seu tempo.

Facilidade na emissão do ASO (Atestado de saúde ocupacional)

Uma vantagem tanto para os médicos quanto para as empresas, pois este atestado mostra se o funcionário está apto ou não para exercer suas funções dentro da organização. Ou seja, a conexão entre o profissional da saúde e os responsáveis pela pessoa dentro da instituição ocorre mais rapidamente, já que a comunicação e os laudos dos testes são disponibilizados de forma online.

Quais os benefícios aos pacientes?

Para pessoas que procuram atendimento com médicos e equipes da saúde, as vantagens são:

Obtenção de resultados

A telemedicina possibilita que a pessoa tenha acesso aos resultados mais facilmente, através do computador ou do próprio celular. Dessa forma, basta um clique para receber diretamente o laudo dos exames sem sair de casa ou do trabalho. Isso ajuda a manter a rotina, pois o paciente não tem mais a necessidade de ir até o laboratório.

Maior acesso aos especialistas e à medicina de alta ponta

A pessoa poderá obter um atendimento mais qualificado e com qualidade, reduzindo o tempo de espera, pois não é preciso se deslocar até onde o serviço é realizado e diminui o risco de infecção hospitalar, já que o indivíduo não precisa frequentar hospitais e clínicas.

Como é a regulamentação da telemedicina no Brasil?

No país, esse método vem crescendo e, hoje, é possível encontrar empresas que fornecem equipamentos para exames e geram laudos para todos os lugares, independentemente da localização dos usuários dos serviços.

Entretanto, assim como qualquer processo tecnológico que envolve a saúde das pessoas, essa evolução também deve ser regulamentada. Por isso, ela segue as regras da ATA (American Telemedicine Association), contudo é reconhecida pelo conselho da medicina e segue leis brasileiras.

No país, as normas exigem que haja um médico responsável e que possua registro no conselho de medicina regional.

A telemedicina está facilitando e aprimorando o contato entre os médicos, equipes e pacientes, visando um aceleramento nos atendimentos da saúde e se tornando uma maneira mais prática de atender as necessidades e exigências de cada um.

E você, o que acha do assunto? Agora aproveite para saber mais sobre os Laudos à Distância e, caso você tenha alguma dúvida sobre o tema, não deixe de nos contar no espaço de comentários!

Compartilhe esta publicação.
0 0 votes
Avaliar Post
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments