Por que Clínicas Populares estão Fazendo Sucesso no Brasil?

26 de dezembro de 2017

Desde 2016 o mercado hospitalar tem crescido exponencialmente. Empresários e investidores têm visto na área, inúmeros aspectos facilitadores ao crescimento.

O modelo da clínica popular e seu desenvolvimento expansionista, merece a devida atenção, dada a significância que este fator tem gerado à economia do país.

Constitucionalmente o estado deveria atender à inúmeras demandas como:  educação, saúde, moradia, segurança etc., sabemos no entanto, que grande parte dos brasileiros não acessam nem mesmo o básico para prover as necessidades mais elementares à uma vida humana digna.

Em se tratando de planos médicos, boa parte dos contemplados não classificam o serviço como realmente eficaz. As clínicas populares prometem adentrar este cenário, em uma tentativa de ao menos neutralizá-lo, levando condições e preços mais acessíveis à população.

Para qual tipo de público é voltado?

Vê-se um aumento das clínicas populares principalmente em regiões como o centro-oeste e nordeste. Não é difícil deduzir que nestas regiões a distribuição de renda é acentuadamente mais desigual e que muitas pessoas optam por tratamentos alternativos.

O SUS não produz usuários contentes, não há esperança disso ser possível, já que ele não consegue atender nem metade de sua demanda com real eficácia e fluidez. Nos atendo aos números, pesquisas recentes demonstram que 93% dos usuários dizem estarem insatisfeitos, é um número muito alto considerando o grau de amplitude do sistema únicos de saúde.

O público que opta pelas clínicas populares, são essas mesmas pessoas insatisfeitas com o SUS e insatisfeitas com os planos de saúde. Estão nas classes C, D e E.

Como funciona esse mercado?

Não é difícil perceber que o cenário já é ‘’auspicioso’’ para quem está pensando em entrar no mercado clínico.

As pessoas tendem a optar pelas clínicas populares, pois o contexto não as favorece a cuidar da saúde com qualidade. Para que haja uma real concorrência neste âmbito, o governo teria de fazer grandes investimentos progressivos, e mesmo assim, isso garante no máximo reparos ao que já é bastante desgastado, otimizações caso aconteçam, demorarão algumas décadas para serem efetivadas.

Há condições que auxiliam no processo de implantação das clínicas populares. A tecnologia permite que inúmeros procedimentos sejam automatizados; a Telemedicina e Telessaúde contribuem para este quadro gerando economia significativa ao fornecer tratamento especializado à distância.

Como é um mercado novo, ele tende a crescer muito e seu investimento promete trazer ganhos reais.

Da onde vem o real lucro?

As clínicas populares são um novo tipo de negócio que cobra mais barato pelos serviços prestados (consultas que variam de R$ 60,00 a R$ 120,00) em parte pela adoção das tecnologias citadas acima, mais práticas e mais econômicas.

Estas não são práticas obrigatórias e que são adotadas por todos. São boas opções que merecem o nosso destaque por representarem eficácia e agilidade aos atendimentos médicos. Não é mera falácia, os benefícios da Telessaúde e Telemedicina têm comprovação de melhoras significativas em todas as regiões onde são implantadas.

Terceirizar serviços como a laudagem dos exames da sua clínica, através da Telemedicina por exemplo, garante: Espaço estrutural (não precisando haver uma ala específica para isso); Segurança nos dados (salvos em nuvem os resultados, não há necessidade de papeis e arquivos enormes para os mesmos); uma equipe pronta a não apenas emitir laudos, mas também se comunicar com os clientes etc.

Estes são informações básicas a respeito das centrais de laudos à distância, cada uma oferece condições diferentes, mas só as melhores se mantem no mercado por um tempo considerável.

Finalizando…

Por terem processos menos burocráticos, as clínicas populares unidas às tecnologias inovadoras, ganham em volume de atendimentos.

Ao se adequarem à realidade econômica de seu público-alvo expandem suportes que trazem mais qualidade de vida à população.

Antes explorados por apenas médicos, esse mercado está ganhando aderência de empresas de investimento financeiro, visando gerar transformação e melhoria dos serviços clínicos em um ambiente onde a demanda é alta.

Sabemos que nem sempre a parceria com operadoras de plano de saúde dão bons resultados, estas tiram um bom lucro que poderia ser aplicado no próprio salário dos médicos ou na estrutura mesma da clínica.

Vale a pena conhecer de perto as reais possibilidades dessa empreitada!

Compartilhe esta publicação.
0 0 votes
Avaliar Post
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments