Marketing médico: 9 dicas de ouro para se destacar no mercado

27 de setembro de 2016

Por mais que a medicina seja uma atividade pouco vista de forma comercial, existe muita competitividade no mercado. Diante desse cenário, é essencial que os profissionais da saúde invistam em marketing médico. Principalmente, para ficarem mais conhecidos na comunidade em que atuam e, consequentemente, aumentarem o número de pacientes do consultório.

Tal investimento é essencial, porque os pacientes levam em consideração diversos fatores na hora de escolher um médico para tratar de suas patologias. Entre eles estão os aspectos financeiro e econômico, a boa “fama” do médico na sua área de especialização, as condições do consultório ou clínica em que atende, os planos de saúde com os quais é conveniado, entre tantos outros.

Para ajudá-lo a se destacar no mercado, elaboramos 9 dicas de ouro de marketing médico que você deveria seguir. Ficou interessado? Então, continue a leitura!

Conheça o código de ética do conselho de medicina

Antes de começar a elaborar um plano de marketing médico, é importante que você esteja ciente do que pode ou não pode fazer. Isso porque, é imprescindível seguir determinados padrões éticos estabelecidos pelo conselho de medicina.

Existem algumas regras e proibições por parte do conselho. Entre elas estão: não postar selfies com pacientes nas redes sociais e nem publicar na internet ou em anúncios de jornais e televisivos, fotos de antes ou depois de tratamentos, por exemplo.

Defina seu público-alvo e personas para começar as suas estratégias de marketing médico

Para se destacar no mercado e conseguir elaborar estratégias de marketing médico mais acertadas, é muito importante que você defina muito bem o público-alvo e as personas do seu negócio.

O público-alvo é o conjunto de pessoas que você deseja atingir com as suas estratégias de marketing. Já as personas são personagens semifictícios, que retratam o perfil geral das pessoas que fazem parte do público-alvo.

Construa uma boa identidade visual

Uma das primeiras estratégias de marketing que deve ser adotada é a criação de uma identidade visual para o seu consultório. Com um logotipo bem desenhado, você poderá aplicá-lo em todos os seus materiais gráficos impressos ou digitais, como cartões de visita, folders e flyers, sites, perfis nas redes sociais, entre tantos outros.

Para a criação da identidade visual é necessário, no entanto, alguns cuidados especiais. Embora existam sites que façam esse trabalho gratuitamente ou com valores relativamente baixos, eles não garantem algo exclusivo para você, podendo outra empresa ter um logo igual ao seu, por exemplo. É, por isso, que o recomendado é sempre contratar um designer ou agência de comunicação que realize esse tipo de serviço para que seja criado algo exclusivo para o seu negócio.

Trace um plano de marketing

Para que você tenha um norte de como e onde investir para realizar o seu marketing, é necessário que seja feito um detalhado planejamento para a criação de planos de ações.

O plano de marketing pode ser feito com base na técnica da análise SWOT. Nela as estratégias são traçadas a partir do cruzamento das ameaças e oportunidades do ambiente em que o consultório está inserido com as suas forças e fraquezas.

Cadastre sua clínica em listas de serviços de saúde

Nos dias de hoje, é comum que as pessoas recorram ao Google para encontrar informações de todo o tipo, sempre que isso se faz necessário. E, quando o assunto é a saúde e a procura por clínicas e consultórios médicos especializados, não é diferente.

Por esse motivo, é interessante que você cadastre o seu consultório ou clínica nessas listagens e portais locais. Assim, as pessoas poderão encontrá-lo quando realizarem buscas.

Tenha um site do seu consultório

Como já foi dito, as pessoas costumam pesquisar no Google quando desejam encontrar um médico. E, para que você possa ser encontrado mais facilmente, recomenda-se que seja criado um site para o seu negócio.

No entanto, não basta criar um site, é necessário que os textos e informações dele sejam trabalhados com técnicas de SEO. Isso fará com que esta plataforma na web apareça mais bem posicionada nos buscadores.

Além disso, também é importante que o site seja responsivo, ou seja, que se adapte perfeitamente em qualquer dispositivo em que for acessado como computadores de mesa, notebooks, smartphones, tablets, entre tantos outros.

Tenha uma fan page e não perfil no Facebook

O seu perfil no Facebook é para suas publicações pessoais e contato com os seus amigos, portanto, não serve para divulgação de conteúdo profissional. Para isso, é recomendada a criação de uma fan page, ou seja, uma página profissional para o seu consultório.

Com ela, você poderá não só divulgar os seus serviços e consultório, mas também patrocinar publicações para que mais pessoas tenham acesso ao conteúdo que publicado. Vale lembrar que é você quem define o perfil de público que deseja alcançar ao fazer um post pago ou impulsionado.

Crie um blog informativo

Ainda no que se refere ao marketing digital, você pode investir na criação de um blog. Nele podem ser divulgadas informações de interesse do seu público-alvo, como artigos sobre os sintomas e formas de tratamento de uma determinada doença, por exemplo.

Além de estreitar o relacionamento com o seu público, o blog também pode ser trabalhado com as técnicas de SEO, assim como o site, e os posts podem ser replicados nas redes sociais como o Facebook.

Invista também nas mídias tradicionais

Embora o marketing digital seja hoje uma prioridade, você não pode abandonar completamente as mídias tradicionais como os jornais, revistas e emissoras de rádio e TV locais.

As mídias tradicionais ainda funcionam muito bem em alguns casos, como nas pequenas cidades do interior dos estados, por exemplo. Nestes locais, estas mídias ainda têm muito alcance e são bastante consumidas pelas pessoas que buscam por informações daquela região.

Seguindo nossas 9 dicas, as chances de seu consultório aumentar o número de pacientes de forma significativa é bem grande. Além disso, você também se tornará um profissional de referência na sua região ou quem sabe até mesmo a nível nacional ou internacional Ainda ficou com alguma dúvida sobre o marketing médico? Deixe o seu comentário!

Compartilhe esta publicação.
0 0 votes
Avaliar Post
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments